Não há não, Festa como Esta!

Foi durante o fim-de-semana de 06 a 08 de Setembro que se realizou mais uma Festa do Avante na Quinta da Atalaia em Amora, Seixal.

O mote é sempre “não há festa como esta” e não há mesmo!

Temos a tentação de a comparar a festivais, mas apercebemo-nos que não, que não se pode comparar, começa logo nas entradas para o recinto, as filas fluem e apenas estão os voluntários a tirar da EP (Entrada Permanente) o dia correspondente que está a picotado. Não somos revistados por polícias e pode-se entrar com lancheira, com mochila e com garrafas, mantas e cadeiras! Uma verdadeira festa ao ar livre, tem disto!

O recinto é amplo, com vários espaços diversificados, sendo que não temos a sensação de aperto, mesmo que haja enchente como aconteceu no sábado e no domingo.

A música é presença assídua, imprescindível e fulcral que vai estando presente pelos diversos espaços e palcos.

Para a grande abertura da Festa dia 06 no Palco 25 de Abril pelas 22H00 o “Concerto do Romantismo ao Modernismo” da Orquestra Sinfonietta de Lisboa, juntou no recinto uma multidão. Na mesma hora mas no Auditório 1º de Maio o “Bonga”, que embora mais pequeno a animação foi grande como era de esperar com os ritmos que vêm de Africa.

Já no sábado e no domingo a Festa começou com a abertura de portas pelas 10H00, estes dois dias foram recheados com muitas actividades. Esteve sempre bom tempo e as noites estiveram muito agradáveis o que permitiu que famílias, grupos e pessoas em geral se mantivessem até tarde descontraidamente.

Como era de esperar junto ao Palco 25 de Abril, foi local de encontros, de descanso, de dança, de conversas e cedo começou a ser pintado com pessoas que descontraidamente se preparavam para os concertos. Sábado destacamos a banda “Quinta do Bill” que fizeram um concertão pelas 19H00, de facto um momento muito animado ao pôr-do-sol. Logo de seguida pelas 20H00 “Canções da Roda” com convidado especial o “Coro Infantil da Academia de Música de Almada”.

Já de noite pelas 22H00 “Moonspell com Paulo Bragança” puseram o recinto em chamas. “Mafalda Veiga com Ana Bacalhau” marcaram presença no Auditório 1º de Maio, já passavam das 23H00.

Terminou a noite com os “Clã e Convidados” que foram Samuel Úria e Bruno Nogueira num concerto bem-disposto e com muito ritmo no Palco 25 de Abril.

Domingo tal como sábado o recinto encheu-se de gente, embora muitos dos presentes o propósito fosse mais a parte politica, outros foram pelos concertos e às 20H00 “Sílvia Pérez Cruz” que veio da Catalunha subiu ao Palco 25 de Abril e neste mesmo local foi em grande que a Festa terminou com o concerto dos “Expensive Soul”, escusado será dizer que milhares de pessoas assistiram de forma fervorosa, eles sabem puxar e arrebataram todos para a dança.

Tempo depois para se ouvir a “Carvalhesa” e ver o fogo-de-artifício para se regressar a casa porque a Festa terminou!

Para o ano de 2020 regressa a Festa de 4 a 6 de setembro.

Texto: Raquel Ataíde
Fotos: Jorge Torres Carmona

Flickr Album Gallery Pro Powered By: wpfrank