80 anos da Rádio Renascença com Plácido Domingo

Em concerto pelo aniversário dos 80 anos da Rádio Renascença, Plácido Domingo reconhecido tenor espanhol, apresentou-se bem acompanhado no feminino por duas sopranos e uma fadista.

Foi na Meo Arena no passado dia 22 de Maio pelas 21H30 num espetáculo de duas partes com a Orquestra Sinfonietta de Lisboa.

As sopranos, Rita Marques, portuguesa, e Davinia Rodrigues, espanhola, empolgaram a sala com os seus dotes. Já o maestro, Eugene Kohn, num fulgor de batuta, mostrou a potência da orquestra na interpretação de temas tão variados de Rossini, Verdi, Lehár, bem como num medley do Musical “Música no Coração”. Katia Guerreiro enterneceu a plateia com o fado e o momento alto, quando a dois, Katia desafia Domingo a cantar “Foi Deus” de Amália.

A primeira parte do concerto foi mais clássica e Plácido mostrou a sua voz nesse registo, alternando com Davinia. No final desta, Rita, foi muito aplaudida na sua entrada em sala, em que cantou “The magic Blue” de Mozart.

Em modo mais popular foi a segunda parte, e todos brilharam em palco, é aqui que Kátia entra com “Asas” com os seus guitarristas, para depois cantar com Plácido “Coimbra” em que a orquestra também os acompanhou.

Outro grande momento foi com o “Besame mucho” de Velázquez, que provocou na sala uma ruidosa salva de palmas.

Plácido Domingo agradeceu a sua presença e regresso a Lisboa e que dez anos é muito tempo para estar ausente dos palcos portugueses.

Gostamos que volte.

Texto: Raquel Ataíde
Fotos: Jorge T. Carmona

Flickr Album Gallery Pro Powered By: wpfrank