Marchas de Lisboa 2018

As Marchas Populares deste ano assentaram numa homenagem a um dos grandes nomes das artes de Portugal, o gigante Vasco Santana e também na palavra mais genuinamente Portuguesa: a Saudade, saudade das tradições e dos tempos que já foram.

Nos passados dias 01, 02 e 03 de Junho foram apresentadas as Marchas Populares no Altice Arena, no inicio do que será um mês de festa na cidade.


No dia 01 foi possível ver os seguintes bairros:

  • Marcha Infantil “A voz do Operário”;
  • Marcha dos Olivais;
  • Marcha de Belém;
  • Marcha de Alcântara;
  • Marcha da Mouraria;
  • Marcha da Bica;
  • Marcha do Lumiar;
  • Marcha de Carnide;
  • Marcha do Alto do Pina.


No dia 02 foi a vez de:

  • Marcha dos Mercados;
  • Marcha da Penha de França;
  • Marcha de Campo de Ourique;
  • Marcha de Benfica;
  • Marcha da Graça;
  • Marcha da Bela Flor – Campolide;
  • Marcha do Bairro da Boavista;
  • Marcha de Alfama;
  • Marcha do Bairro Alto.


No dia três tivemos:

  • Marcha da Santa Casa;
  • Marcha do Castela;
  • Marcha da Ajuda;
  • Marcha de S. Domingos de Benfica;
  • Marcha da Madragoa;
  • Marcha de S. Vicente;
  • Marcha de Sta. Engrácia.

Estes dias foram repletos de competição saudável, cada bairro a puxar “a brasa à sua sardinha”, mas mais importante, todos pela tradição e pela alegria.

Foi possível ver as claques equipadas a rigor, algumas, mais organizadas, com um líder, mas tudo sempre em ambiente de festa.

Foram muitos os que passaram por estes dias no Altice Arena e o que viram foi a tradição no seu esplendor.


Marcha Infantil “A Voz do Operário”
Faz este ano 30 anos que a Câmara Municipal de Lisboa lançou o desafio a esta associação que participasse nas marchas populares, desafio que foi aceite e que se tem revelado como uma aposta ganha.

Este ano a marcha infantil prestou homenagem as colectividades de cultura, recreio e desporto, bem como às próprias festas de Lisboa.

Ficha Técnica:

  • Madrinha – Débora Monteiro;
  • Padrinho – Rui Melo;
  • Responsável – Vítor Agostinho;
  • Ensaiadores – Sofia Cruz, João Alves e Vítor Agostinho;
  • Figurinista – Hugo Barros;
  • Cenógrafo – Hugo Barros.

 

Marcha dos Olivais
As marchas dos Olivais afirmaram o orgulho de ser alfacinha, com os elementos masculinos vestidos de Sr. Arraial e os elementos femininos de sardinha. Nos arcos tiveram as letras da cidade representadas por alguns dos mais emblemáticos monumentos da cidade.

Ficha Técnica:

  • Madrinha – Isabel Angelino;
  • Padrinho – Paulo Battista;
  • Responsável – Carlos Santos;
  • Ensaiadores – Alexandra Cunha e Armando Tinita;
  • Figurinistas – Alexandra Cunha e Carla Pereira;
  • Cenógrafos – Carlos Santos e Hugo Lunet.

 

Marcha de Belém
A marcha de Belém focou-se nos descobrimentos portugueses e, por contraste, a cidade a ser invadida por turistas nos últimos tempos.

Ficha Técnica:

  • Madrinha – Elia Gonzales;
  • Padrinho – Telmo Miranda;
  • Responsável – José Caroço;
  • Ensaiador – José Nunes;
  • Figurinista – Ana Marques;
  • Cenógrafo – Sérgio Sousa.


Marcha de Alcântara
A marcha de Alcântara focou-se na passada tradição piscatória, do barco varino e fragateiro e na venda do pescado.

Ficha Técnica:

  • Madrinha – Ana Sofia Cardoso;
  • Padrinho – Pedro Granger;
  • Responsável – Francisco Ferreira;
  • Ensaiador – Mário Ferreira;
  • Figurinista – Renato Godinho;
  • Cenógrafo – Mário Ferreira.


Marcha da Mouraria
A marcha da Mouraria presta homenagem às touradas e ao fado.

Ficha Técnica:

Madrinha – Adriana Lua;

  • Padrinho – Ricardo Velho;
  • Responsável – Carla Correia;
  • Ensaiadores – Bruno Barros e Sofia Silva;
  • Figurinista – Hugo Barros;
  • Cenógrafo – Hugo Barros.

 

Marcha da Bica
A marcha da Bica presta homenagem a um filho da terra, Fernando Farinha, desde a sua infância até ao momento que conhece a sua paixão espanhola.

Ficha Técnica:

  • Madrinha – Soraia Tavares;
  • Padrinho – Tiago Torres da Silva;
  • Responsável – Pedro Duarte;
  • Ensaiadores – Américo Silva e Pedro Augusto;
  • Figurinista – Aldina Jesus;
  • Cenógrafo – Aldina Jesus.

 

Marcha de Lumiar
A marcha do Lumiar presta homenagem aos azulejos que estão espalhados por toda a cidade e pelo bairro.

Ficha Técnica:

  • Madrinha – Alexandra;
  • Padrinho – Paulo Matos;
  • Responsável – Artur Botão;
  • Ensaiador – Hélder Carlos;
  • Figurinistas – Hélder Carlos e Alda Cabrita;
  • Cenógrafos – Carlos, Américo Grova e Micael Costa.

 

Marcha de Carnide
A marcha de Carnide presta homenagem ao filme “A Canção de Lisboa” com Vasco Santana e Beatriz Costa.

Ficha Técnica:

  • Madrinha – Sylvie Dias;
  • Padrinho – Pedro Luzindro;
  • Responsável – Pedro Rosa;
  • Ensaiadores – Marinela Mangueira e Paulo Julião;
  • Figurinista – Paulo Julião;
  • Cenógrafos – Paulo Julião e Sérgio Sousa.

 

Marcha do Alto da Pina
A marcha do Alto do Pina presta homenagem a todas as varinas.

Ficha Técnica:

  • Madrinha – Olívia Ortiz;
  • Padrinho – Flávio Furtado;
  • Responsável – Pedro Jesus;
  • Ensaiador – Hugo Miguel Barros;
  • Figurinista – Hugo Miguel Barros;
  • Cenógrafos – Hugo Miguel Barros e Carlos Ferreira.

 

Marcha dos Mercados
A marcha dos mercados veio prestar homenagem aos três santos populares Santo António, São Pedro e São João.

Ficha Técnica:

  • Madrinha – Maya;
  • Padrinho – Sérgio Rossi;
  • Responsável – Luísa Carvalho;
  • Ensaiador – Vera Gromicho;
  • Figurinistas – João Mourão e Mia Barata;
  • Cenógrafo – Américo Grova.

 

Marcha da Penha de França
A marcha da Penha de França representa a modernidade com o recurso as novas tecnologias, mas também os passeios por esta cidade cheia de história, nos já tão conhecidos Tuk Tuk.

Ficha Técnica:

  • Madrinha – Salomé Caldeira;
  • Padrinho – Rui Andrade;
  • Responsável – Paulo Lemos;
  • Ensaiadores – José Mascarenhas e Maria João Barros;
  • Figurinista – Paulo Julião;
  • Cenógrafos – Paulo Julião e Sérgio Sousa.

 

Marcha de Campo de Ourique
A marcha de Campo de Ourique presta homenagem à produção de vinho que existiu na zona e que abastecia a cidade.

Ficha Técnica:

  • Madrinha – Rita Ribeiro;
  • Padrinho – Fernando Pereira;
  • Responsável – Carlos Alberto Rodrigues;
  • Ensaiador – Luís Carlos Morais;
  • Figurinista – Hugo Miguel Barros;
  • Cenógrafos – Hugo Miguel Barros.

 

Marcha de Benfica
A marcha de Benfica presta homenagem ao Parque Silva Porto, mais conhecido por “Mata de Benfica”.

Ficha Técnica:

  • Madrinha – Carla Janeiro;
  • Padrinho – Gonçalo Salgueiro;
  • Responsáveis – João Simões e Bruno Paredes;
  • Ensaiador – Bruno Paredes;
  • Figurinista – Gonçalo Salgueiro;
  • Cenógrafo – Nuno Theias.

 

Marcha da Graça
A marcha da Graça presta homenagem aos vitrais e às semelhanças destes com as pessoas e com os bairros, diferentes em tamanho e cor, mas iguais na essência.

Ficha Técnica:

  • Madrinha – Carla Andrino;
  • Padrinho – Mário Rui;
  • Responsável – Vasco Cruz;
  • Ensaiador – Vasco Cruz;
  • Figurinista – Maria Caroço;
  • Cenógrafos – Maria Caroço e Vasco Cruz.

 

Marcha da Bela Flor – Campolide
A marcha da Bela Flor – Campolide homenageia os 60 anos dos casamentos de Santo António na cidade.

Ficha Técnica:

  • Madrinha – Liliana Santos;
  • Padrinho – Pedro Sousa;
  • Responsável – Bruno Louro;
  • Ensaiador – Jorge Carvalho;
  • Figurinista – Fernando Santos;
  • Cenógrafos – Américo Grova e Micael Costa.

 

Marcha do Bairro da Boavista
Com 80 anos de existência o Bairro da Boavista enaltece a vista privilegiada que tem sobre a cidade e as suas belas varandas através da sua marcha deste ano.

Ficha Técnica:

  • Madrinha – Custódia Gallego;
  • Padrinho – Diogo Martins;
  • Responsável – Gilda Caldeira;
  • Ensaiador – Rafael Rodrigues;
  • Figurinista – Paulo Miranda;
  • Cenógrafo – Paulo Miranda.

 

Marcha de Alfama
A marcha de Alfama veio prestar homenagem às tabernas e à vida que davam ao bairro.

Ficha Técnica:

  • Madrinha – Pimpinha Jardim;
  • Padrinho – João Baião;
  • Responsável – João Ramos;
  • Ensaiador – Vanessa Rocha;
  • Figurinista – Nuno Lopes;
  • Cenógrafo – Nuno Lopes.

 

Marcha do Bairro Alto
A marcha do Bairro Alto prestou homenagem a todas as barbearias tradicionais da cidade.

Ficha Técnica:

  • Madrinha -Sónia Brazão;
  • Padrinho -Flávio Gil;
  • Responsável – Vítor Silva;
  • Ensaiadores – Carla Fonseca e Dino Carvalho;
  • Figurinista – Paulo Miranda;
  • Cenógrafo – Paulo Miranda.

  

Marcha da Santa Casa
A comemorarem 520 anos de existência e a participarem pelo segundo ano nas marchas populares, a Santa Casa deu cor e alegria às marchas, como o faz no dia a dia de quem os procura.

Ficha Técnica:

  • Madrinha – Maria Botelho Moniz;
  • Responsável – Luna Marques;
  • Ensaiador – Paulo Jesus;
  • Figurinista – Nuno Lopes;
  • Cenógrafo – Nuno Lopes.

 

Marcha do Castelo
A marcha do Castelo presta homenagem à revista e ao Parque Mayer, numa chamada de atenção para o cada vez maior despovoamento da típica cidade.

Ficha Técnica:

  • Madrinha – Carolina;
  • Padrinho – Rui Vaz;
  • Ensaiador – Ana Raquel Carneiro;
  • Figurinista – Rita Álvares Pereira;
  • Cenógrafos – Rita Álvares Pereira.

 

Marcha da Ajuda
A marcha da Ajuda relembra a lenda que deu origem ao seu nome em 1551 com a aparição de Nossa Sra. da Ajuda.

Ficha Técnica:

  • Madrinha – Paula Sá;
  • Padrinho – Paulo Vasco;
  • Responsável – Adolfo Barão;
  • Ensaiador – Ricardo Magalhães;
  • Figurinista – Vasco Catarino;
  • Cenógrafo – Vasco Catarino.

 

Marcha de S. Domingos de Benfica
A marcha de S. Domingos de Benfica presta homenagem às fontes de São Domingos onde se iniciaram muitos romances e onde existe uma grande riqueza de azulejos.

Ficha Técnica:

  • Madrinha – Sofia Nicholson;
  • Padrinho – Rui Luís Brás;
  • Responsável – Isabel Mendes;
  • Ensaiador – Maria João Reis;
  • Figurinista – Hugo Barros;
  • Cenógrafo – Hugo Barros.

 

Marcha da Madragoa
A marcha da Madragoa presta homenagem ao sol, à lua e ao eclipse, em paralelo com o pescador e a varina que se desencontram enquanto trabalham, mas que se reencontram sempre que é possível.

Ficha Técnica:

  • Madrinha -Teresa Guilherme;
  • Padrinho – Pedro Barroso;
  • Responsável – Rui Ferreira;
  • Ensaiador – Bruno Vida;
  • Figurinista – Fauze El Kadre;
  • Cenógrafo – Fauze El Kadre.

 

Marcha de Marvila
A marcha de Marvila presta homenagem a aos cheiros do bairro nesta altura do ano, desde os manjericos às sardinhas, tudo fica com um aroma a festa.

Ficha Técnica:

  • Madrinha – Carla Matadinho;
  • Padrinho – Chakal;
  • Responsável – Marco Silva;
  • Ensaiadores – Pedro Borralho e Mariana Luís;
  • Figurinistas – Grupo Visabeira e Marco Cardoso;
  • Cenógrafos – Grupo Visabeira e Marco Cardoso.

 

Marcha de S. Vicente
A marcha de S. Vicente tem como tema os manjericos e a alcachofra, numa história de esperança pela chegada do noivado.

Ficha Técnica:

  • Madrinha – Melânia Gomes;
  • Padrinho – Jorge Mourato;
  • Responsável – Bruno Santos;
  • Ensaiador – Sofia Pereira;
  • Figurinista – Fernando Santos;
  • Cenógrafo – Fernando Santos.

 

Marcha de Sta. Engrácia
A marcha de Sta. Engrácia presta homenagem à cidade de Lisboa.

Ficha Técnica:

  • Madrinha – Maria João Gama;
  • Padrinho – Pedro Silva;
  • Responsáveis – Carlos Jorge Español e Pedro Duarte;
  • Ensaiadores – Carlos Jorge Español e Margarida Martins;
  • Figurinista – João Praia e Rosário Baldi;
  • Cenógrafos – João Praia e Tozé Batista.

Texto: Raquel Coelho