Das Ruas Para o Youtube, do Youtube Para os Grandes Palcos


Centenas de milhares de seguidores no YouTube e Spotify, milhões de plays acumulados nas plataformas de streaming: Piruka é um autêntico fenómeno, um artista que chegou ao topo sem uma estrutura editorial convencional e que tem construído um percurso de absoluto sucesso. Na recta final de 2017, Piruka deu que falar por causa de “Não Faz Isso”, tema que lançou em paralelo com “Salto Alto” e que obteve larga notoriedade por se revelar um “beef” com outro popular rapper nacional. Do episódio resultou apenas uma evidência: a voz de Piruka é seguida por toda uma geração, facto que explica porque é que já conquistou 2 singles de platina e 3 de ouro e temas como “Se Eu Não Acordar Amanhã” ou “Ca Bu Fla Ma Nau” já somam cada um mais de 16 milhões de views. O rapper, no entanto, vive mais voltado para a arte da rima e para a música e a sua família do que para os números, como fez questão de confessar em entrevista à Blitz: “Não tenho noção dos números . Não vou mentir, sei que já passámos os 25 milhões de plays do álbum no YouTube, porque os números aparecem quando espreito os vídeos”. Em 2018 esperam-se coisas grandes do rapper da Madorna e, quem sabe, um sucessor para o álbum AClara que sozinho acumulou para cima de 30 milhões de plays no YouTube. A escala que mede Piruka é doutro mundo, mas a língua que ele usa para comunicar é a nossa.