A NOITE DE FLORENCE+THE MACHINE

 

No segundo dia do festival, as atenções estiveram viradas para Florence+The Machine no palco principal.

Os Quatro e Meia abriram o palco NOS, seguidos de Celeste.  Jorja Smith encantou com a sua fantástica voz, mas eram os Florence+The Machine os mais aguardados da noite e não desiludiram. Florence Welch cativou desde o início, afirmando ter saudades de estar em Portugal, dançando e correndo pelo palco com uma energia inesgotável. Para além de alguns temas do novo álbum Dance Fever, foi possível ouvir temas tão adorados como “Dog Days Are Over”, onde pediu a todos para guardarem os telemóveis, apreciarem o momento e serem felizes. Antes da intimista música “Never Let Me Go”, Florence referiu que já não cantava esta música há mais de 10 anos, por a remeter a período menos feliz da sua vida, e que os fãs a tinham ajudado a voltar a apreciar. Shake It Out” e “Rabbit Heart (Raise It Up) fecharam o concerto, que muitos consideraram o melhor da noite. Os alt+J fecharam o palco principal.

Pelo palco Heineken passaram Gui Aly, Alec Benjamin e os Inhaler, que vieram apresentar o seu álbum de estreia. Seasick Steve, composto pelo vocalista/guitarrista e pelo baterista, embora atuassem à hora do jantar, conseguiram cativar o público com a sua boa disposição e conversa, a sua música blues/rock e as mais fantásticas guitarras criadas pelo vocalista Steve, a partir de materiais do quotidiano, como matrículas de carros, tanques de madeira de lavar meias, tampos metálicos. Nilüfer Yanya teve menos público do que o esperado, por a sua atuação coincidir com Florence+The Machine, mas quem ficou por lá gostou do que ouviu. Dino D’Santiago teve casa cheia para a sua atuação e o palco secundário fechou com os Bateu Matou.

No placo WTF Clubbing destaque para a atuação de Fogo Fogo que encheu a área e rivalizou com a enchente no palco Comédia para ver Beatriz Gosta e depois Herman José.

No EDP Fado Café atuaram as fadistas Cristina Clara e Sara Correia, com “casa cheia” que brindou o público com uma atuação excelente.

Texto | SM
Fotos | Jorge Torres Carmona

Flickr Album Gallery Pro Powered By: wpfrank