Duran Duran, a-ha, Bush e Xutos & Pontapés confirmados para o Rock in Rio Lisboa

Depois de 17 anos os Duran Duran regressam a Portugal para um concerto no Rock in Rio Lisboa a 25 de junho de 2022, no mesmo dia em que também atuam os nórdicos a-ha (numa estreia absoluta em terras lusas), os britânicos Bush e os portugueses Xutos & Pontapés. 

As bandas juntam-se aos já confirmados Foo Fighters, The National e Liam Gallagher para a 9.ª edição do festival – reagendada para junho de 2022.

Depois de uma pausa forçada de quatro anos, imposta pela pandemia, o Rock in Rio Lisboa vai voltar a abrir as portas da Cidade do Rock em junho de 2022 para a sua 9.ª edição em Portugal – aquela que já é a mais desejada de sempre. Os motivos que fazem a espera valer a pena vão-se acumulando e os fãs já podem respirar de alívio: Duran Duran, a-ha, Bush e Xutos & Pontapés já estão confirmados para subirem ao Palco Mundo a 25 de junho, mantendo assim o alinhamento inicialmente previsto para este dia.

No dia em que os adultos vão querer deixar as crianças em casa, a Cidade do Rock vai ser invadida pelos maiores hits do pop e do rock. Pela primeira vez no Rock in Rio, os Duran Duran serão o cabeça-de-cartaz de 25 de junho, regressando ao país 17 anos depois do seu último concerto por cá. Os ícones britânicos Simon LeBon, Nick Rhodes, John Taylor e Roger Taylor, não vão ser os únicos astros a pisar o Palco Mundo neste dia. O trio nórdico de seu nome a-ha, considerado um dos maiores fenómenos pop de sempre, atua nesta mesma data e celebra assim a sua estreia em Portugal. Neste dia também se vai ouvir cantar em português e numa edição que se antevê emocionante não poderiam faltar os Xutos & Pontapés, presença assídua na história do festival. A abertura do Palco Mundo, neste mesmo dia, ficará a cargo dos britânicos Bush. A banda de grunge vai, certamente, fazer entoar “Swallowed” ou “The Chemical Between Us” no Parque da Bela Vista.

Os bilhetes já adquiridos para este dia, tanto para a data original de 2020 como para 2021, mantêm-se válidos. Todas as informações relacionadas com bilhetes deverão ser consultadas em https://rockinriolisboa.sapo.pt/informacoes-sobre-bilhetes-novas-datas.

Recorde-se que a 9.ª edição do Rock in Rio Lisboa foi reagendada para os dias 18, 19, 25 e 26 de junho de 2022, no Parque da Bela Vista. Além dos nomes hoje confirmados, fazem também parte do cartaz do Palco Mundo Foo FightersThe NationalLiam Gallagher. Em breve serão anunciadas mais novidades.

 

Sobre o Rock in Rio

O Rock in Rio é o maior evento de música e entretenimento do mundo. Criado em 1985 no Rio de Janeiro, é parte relevante da história da música mundial. O evento soma já 20 edições, 119 dias e mais de 2.000 atrações musicais. Ao longo destes anos, mais de 10,2 milhões de pessoas passaram pelas Cidades do Rock em Portugal, no Brasil, em Espanha e nos Estados Unidos.

Ao longo das suas 8 edições em Portugal, e dos 40 dias de festival, já passaram pela Cidade do Rock de Lisboa mais de 2 milhões de pessoas e mais de 800 atrações musicais. O festival investiu mais de 200 milhões de euros no país, tendo gerado mais de 73 mil empregos (diretos e indiretos). Em 2019, no âmbito da comemoração dos 15 anos do festival em Portugal, lançou um calendário de eventos dos quais fizeram parte as Galp Music Valley Sessions, o Worten Game City, o Rock in Rio Innovation Week e o evento épico na Torre de Belém, com espetáculo de pirotecnia, concertos e vídeo mapping.

Muito mais do que um evento de música, o Rock in Rio pauta-se também por ser um evento sustentável. Em 2001, através do projeto social “Por um Mundo Melhor”, assumiu o compromisso de consciencializar as pessoas para o facto de pequenas atitudes serem o caminho para fazer do mundo um lugar melhor. Em 2013, o festival recebeu a certificação da norma ISO 20121 – Eventos Sustentáveis, um reconhecimento do poder concretizador da marca que criou já mais de 242.500 empregos diretos e indiretos (no total das 20 edições) e investiu mais de 25 milhões de euros em causas socioambientais, construindo assim um legado positivo nas cidades onde o evento é realizado. Em conjunto com os seus parceiros, o Rock in Rio-Lisboa doou cerca de 4,5 milhões de euros para causas socioambientais em Portugal, tendo ainda desenvolvido diversas ações: a instalação de 760 painéis fotovoltaicos em escolas; um projeto de reflorestação com 70 mil árvores na zona do Pinhal Interior; equipou hospitais e IPSS’s e construiu 14 salas sensoriais para jovens de todo o país; entre outros projetos.