“Avé Maria” de F. Schubert é o Primeiro Single de Música Clássica de Ana Brissos

“Avé Maria” de F. Schubert é o primeiro single de música clássica de Ana Brissos, que apresenta a sua essência lírica como soprano, numa voz angelical que promete encher a alma e o coração de todos. Uma oração cantada, que é lançada em homenagem à Nossa Senhora de Fátima e a todos os seguem o Seu caminho – O Caminho da Luz, do Amor Incondicional.

Natural de Santiago-do-Cacém, de uma aldeia da freguesia de Ermidas-Sando, Ana Brissos nasceu em 1982. Com apenas um ano de idade, seus pais, e na esperança de construir uma vida melhor, mudaram-se para a Margem Sul do Tejo, para o concelho do Seixal, onde ainda residem.

Desde muito pequena Ana Brissos já revelava o seu gosto e aptidão para a Música e Artes Performativas e, com apenas sete anos, iniciou os estudos musicais em órgão e solfejo. Aos doze anos integrou o grupo infantil/juvenil Baby Rock e, sob a orientação da D. Ilda Ventura, começou a ter aulas de canto, a participar em festivais juvenis da canção e a fazer atuações um pouco por todo o país.

Em 1996, com treze anos, foi uma das finalistas do programa de televisão “Bravo Bravíssimo”, um programa de talentos da SIC, que se realizou no Coliseu dos Recreios, em Lisboa.

Em 1998, e sob a orientação do Maestro José Orlando, conquistou o Prémio de Melhor Intérprete e o 2º Lugar no Festival “Cidade de Elvas” onde, no ano seguinte e com apenas dezasseis anos, estreou-se como intérprete-compositora da letra e música, conquistando o 3º lugar do festival.

Depois da passagem pela Música Ligeira e pelo Fado, onde teve a oportunidade de partilhar palcos com grandes nomes da música portuguesa, iniciou em 2000 os estudos em canto lírico/clássico. Desde então tem vindo a aprofundar e consolidar os conhecimentos musicais adquiridos em Piano, Canto Lírico e estudos superiores em Jazz e Música Moderna (canto e piano), primeiro na Escola Superior de Tecnologias e Artes de Lisboa e depois na JB Jazz.

Em 2014 foi convidada do programa de televisão da RTP1 “Desafio Total”, programa com componente solidária, no qual recebeu o prémio de mentora vencedora com o desafio de “Canto Lírico”.

A 25 de Dezembro de 2018, concretizou o seu maior sonho, com o lançamento do álbum de estreia – “Essência” – onde Ana Brissos apresenta-se não só como intérprete, mas, também, como autora das letras (a maior parte) e das músicas e que refletem as suas principais influências musicais: a Música Clássica, o Jazz e o Fado. Um disco cantado em português, que expressa “Sentimentos e Emoções” de uma forma intimista e genuína. “Cais da Saudade”, o seu primeiro single, que homenageia o povo português e a sua história, foi recentemente selecionado para semifinalista do International Songwriting Competition na categoria de World Music.

Em paralelo à sua carreira artística, Ana Brissos tem um percurso corporativo como especialista em Gestão da Performance de Negócio e Business Intelligence, tendo exercido várias funções nas áreas financeiras e de controlo de gestão, sistemas e tecnologias de informação, gestão de projetos, gestão da mudança e comunicação.

Ana Brissos é Licenciada em Contabilidade e Administração no ramo de Auditoria pelo Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Lisboa (ISCAL) e Mestre em Gestão de Informação com especialização em Gestão do Conhecimento e Business Intelligence pela NOVA Information Management School (NOVA IMS). É ainda Coach certificada pelo Instituto de Coaching e Linguística (ICL), curso acreditado pelo International Coaching Federation (ICF), e atua nas áreas Life & Executive Coaching, Talent Management & Performance Coaching e Empoderamento Feminino.

Encontra-se neste momento a planear a Tour “Essência 2020/21”, onde irá incluir nos seus concertos o mais recente single “Avé Maria” de Schubert, como pré-lançamento de um álbum inteiramente dedicado à Música Clássica e que ainda está em fase de conceção.