Salão Preto e Prata do Casino Estoril Recebe Ballet Igor Moiseyev com “As danças dos Povos do Mundo” a 20 e 21 de Novembro

A companhia de Ballet Igor Moiseyev apresenta, nos próximos dias 20 e 21 de Novembro, pelas 21h30, “As danças dos Povos do Mundo”. Trata-se de dupla sessão de espectáculos que se insere nas comemorações dos 240 anos das relações diplomáticas Rússia – Portugal, e que conta com o apoio da Embaixada da Rússia em Portugal. Com direcção artística de Elena Shecherbakova, este será, seguramente, um dos acontecimentos culturais do ano no nosso país.

Este bailado convida o público a uma fantástica e colorida viagem à volta do Mundo. As coreografias do bailado russo entraram para a história como uma alegre e pitoresca enciclopédia da dança popular, conservando o seu sabor através do tempo. São mais de 80 bailarinos em palco, com grandes coreografias, já património da dança mundial.

Todo o repertório da companhia desenrola-se em torno de 200 danças dos diferentes povos do Mundo, assim como as rigorosas coreografias sempre enriquecidas pelo extraordinário guarda-roupa das diferentes actuações e coordenadas superiormente pela experiente e exigente directora artística Elena Shcherbakova que entrou para a companhia aos 16 anos de idade e que mantém bem viva a identidade e o espírito do mentor e fundador do Bailado, o Mestre Moiseyev.

O Ballet Igor Moiseyev é, sem dúvida, a companhia com mais actuações em todo o mundo. As suas representações nos melhores teatros e salas de espectáculo são incontáveis ao longo dos 82 anos de existência da companhia, tendo actuado em mais de 70 países, entre eles os Estados Unidos da América, Canadá, Reino Unido, França, Austrália, Nova Zelândia, China, Japão, Alemanha e Espanha.

Igor Moiseyev foi galardoado em dezenas desses países com múltiplos prémios internacionais no campo da coreografia, foi membro honorário de várias Academias espalhadas pelo mundo e a sua trajectória foi reconhecida por importantes organismos internacionais como a UNESCO que lhe atribui a Mozart Medal pela excelente e importante contribuição e divulgação da cultura musical pelo mundo. Na vizinha Espanha, foi-lhe concedida em 1996 a Gran Cruz da Ordem do Mérito Civil, entregue pelo então Rei de Espanha, Juan Carlos I. Na Russia, Igor Moiseyev foi distinguido com os mais importantes galardões e prémios, dos quais se destacam: Artista Nacional da União Soviética em 1953, Herói do Trabalho Socialista em 1976, o Prémio Lenin em 1967, o Premio do Estado Soviético em quatro ocasiões – 1942, 1947, 1952 e 1985 e o Prémio da Federação Russa em 1996.

É, sem dúvida, um espectáculo imperdível e altamente recomendado.