Bruna Ene Pela Primeira Vez em Portugal

Uma voz suave e o coração cheio de sonhos pelo mundo. Assim é a cantora Bruna Ene, que lança seu primeiro EP.

A mulher de riso fácil e que domina o palco, tem conquistado vários seguidores nas redes sociais através de seu talento. Com seu fiel escudeiro, o ukelele, ela imprime sua personalidade em composições que abordam o cotidiano, mas de uma maneira meiga, divertida e autêntica, tendo o amor como protagonista.

Seu primeiro projeto autoral é basicamente uma autobiografia numa trajetória de desilusões amorosas. Sofrer? Claro que sim, desde que seja para rir das próprias dores, até para aliviar. Foi assim que nasceram as composições de Bruna, que também têm os lugares do mundo que visita como inspiração.

Integrante da nova safra de talentos da música cearense, a cantora levanta a bandeira do brega, justamente por conta desse sofrer com humor.

O EP conta com cinco faixas: “Só”, “Amar à toa”, “Eu pensei que era amor”, “Trinta” e “Once”, que misturam rock, pop e brega. A cantora fala que a decisão de partir para um projeto autoral teve a ajuda amigos e profissionais do mercado, que foram importantes para traçar seu caminho musical. “Quando eu decidi que faria meu projeto autoral, contei com o apoio do meu grande amigo André Loureiro, produtor de audiovisual, que na época já morava em São Paulo e me apresentou pessoas que traçaram meus primeiros passos nessa jornada, com destaque para Raul Alaune, produtor musical que assina a produção de muitas das minhas músicas e de Jeff Pina, uma referência na produção do meu estilo, sendo músico de grandes artistas nacionais”, diz Bruna.