Camerata Flamenco Project

“A sua música tem o som de todas as músicas”, descreveu o dramaturgo José Ramón Fernández acerca eles.

“Camerata Flamenco Project reinterpretou o universo dos compositores clássicos e conseguiu que a partitura tenha um som sempre novo, sempre vivo. Incorporou outros géneros musicais, como o flamenco e o jazz, o som de Camerata é único. Tão genuíno, diverso e rico como a identidade musical espanhola ao longo dos séculos. Fusão, liberdade, virtuosismo”.

Camerata é um grupo musical com mais de 15 anos de percurso e numerosos concertos e espetáculos em importantes festivais do mundo, no âmbito do flamenco, jazz e música clássica. Esta forma contemporânea e vanguardista de confrontar a música, levou-os a realizar interpretações de peças de mestres como Satie e Debussy, e a colaborar com artistas como Carmen Linares e J.M. Cañizares.

 

JOSE LUIS LÓPEZ
Tem formação musical com o mestre Enrique Correa, em Madrid. Em 1990 ganha o Prémio de Interpretação no certame de música “Madrid Jovem 90”. Desenvolve e investiga a introdução do violoncelo no flamenco, ao qual imprime um estilo totalmente pessoal. No ano 2002 ganha o Prémio de Composição no “XI Concurso Internacional de Coreografia de Flamenco e Dança Espanhola”. No ano 2004 grava em directo o seu disco “Soleando Suite”, no Royal Concertgebouw de Amsterdam.

RAMIRO OBEDMAN
Ramiro Obedman é intérprete e compositor, que se movimenta num terreno de versatilidade estilística, que o leva a aprofundar no jazz, o tango e a música clássica, embora o flamenco seja onde tem desenvolvido a sua personalidade musical mais original e onde introduziu as flautas e saxofones às sonoridades flamencas.

PABLO SUÁREZ
A base da sua experiência no flamenco está presente em todas as suas vertentes, o baile, o cante, a guitarra e outros instrumentos. Solicitado como compositor, intérprete e diretor musical em várias companhias, Pablo Suárez acompanha estes conhecimentos com uma inquietante procura, onde a música é o principal objetivo. Encontra no piano uma forma pessoal de exposição.

 

“FALLA 3.0”
VIOLONCELO JOSE LUIS LÓPEZ • PIANO PABLO SUÁREZ • SAXO / FLAUTAS RAMIRO OBEDMAN • BAILE ANABEL VELOSO

Quase um século depois de que Manuel de Falla tenha composto “El amor brujo”, Camerata atualiza esta peça do repertório clássico espanhol, respeitando estruturalmente todas as partes da obra e a entidade musical de cada uma delas.

Apresentam de uma forma atual e em trio, uma música com 90 anos desde a sua criação e que é universalmente conhecida. A profundidade na partitura original revelou um mundo de possibilidades sonoras, que com muito respeito, trabalho e prudência, colocaram ao serviço da música, no contexto do tempo atual. O seu objetivo é que se entenda este trabalho, desde um mínimo silêncio até um som impetuoso.

O projeto conta com a artista convidada Anabel Veloso, a jovem criadora e bailarina internacional, que reflete na sua produção artística a naturalidade de quem sente o flamenco como força, necessidade criativa e com um claro sinal reivindicativo cultural.

Flickr Album Gallery Pro Powered By: wpfrank