E o Meco Despediu-se do Super Bock Super Rock Mas Marca Encontro No Ano Que Vem!

O terceiro dia de SBSR chegou quente, a tarde do dia 20 de julho convidava para os mergulhos e para uma fresquinha na esplanada. E foi assim, o recinto só começou a encher ao chegar o final do dia da 25ª edição.

E num instante o recinto ficou composto, o ziguezague do costume, palcos, zona de comidas, sentados no chão, selfies, brindes e brincadeiras, vão preenchendo todos os momentos.

E com a noite um ventinho, mas a noite era de festival e foi isso que prevaleceu.

O primeiro concerto chegou às 16:45 no Palco EDP com THE BLINDERS, entre a azáfama de circular pelo recinto chegaram as 19:45 e nesse mesmo palco os jovens SUPERORGANISM com identidade de quem é deste século.

PROFJAM chegam ao Palco SUPER BOCK pelas 19:35 com uma plateia ainda um pouco reduzida, mas que pelas 21:30 já se encontrava bem cheio para assistir a JANELLE MONÁE que trouxe um vasto guarda-roupa que se basearam em três tons, preto, branco e vermelho, mas foi pelas 23:30 com MIGOS que se sentiu a enchente, o publico saltava com mãos no ar e em sintonia cantavam; visto em plano superior parecia o mar em dia de ondulação, era a confusão da enchente.

Assim se fez e assim os três dias passaram, muitas fotografias, muitos looks, pó, cerveja, noites mal dormidas, histórias e muitas memórias.

Para o ano o ponto de encontro é… no mesmo sítio!

Texto: Raquel Ataíde
Fotos: Jorge Torres Carmona

Flickr Album Gallery Pro Powered By: wpfrank