Matt Simons a 21 de Setembro, 22H00 no Lisboa ao Vivo

Matt Simons, o autor do hit “We Can do Better” tem passagem confirmada por Portugal para dois concertos: dia 20 Setembro em Castro Daire (Fica – Feira Industrial, Comercial e Agrícola) e 21 de setembro com um concerto em nome próprio no LAV – Lisboa ao Vivo. O cantor norte-americano traz a terras lusas o novo álbum “After the Landslide”, editado no início de abril de 2019.

Um talento da Costa Oeste dos EUA que obteve sucesso na Europa, os dois álbuns de estúdio de Simons até hoje – “Pieces” e “Catch & Release” – levaram-no a atingir um grande público por todo o mundo.

O maior hit deste álbum – “We Can Do Better” alcançou mais de 80 milhões de streams globais, teve 2 meses no Top 10 do European Airplay, em Portugal depois de várias semanas na tabela de airplay nacional alcançou o primeiro lugar.

A sua colaboração com a artista de Los Angeles Amy Kuney – “Amy’s Song”, com a sua aclamada mensagem levada a cabo pelo vídeo “Amy’s Song” uma campanha que focou o amor, a aceitação e a igualdade, mostrou um lado mais profundo da sua composição e reforçou ainda mais a sua carreira em ascensão.

After The Landslide”, o terceiro álbum do cantor/compositor e multi-instrumentista é o seu maior, mais ambicioso e mais pessoal álbum até agora. Com referências para Bon Iver e Springsteen, é um disco que aborda alguns dos grandes temas das nossas vidas – amor, perda, tristeza e o poder que é preciso para superar tudo isto. As melodias aliam-se a letras que falam claramente, às vezes de uma maneira dura, sobre eventos importantes da sua vida, e com essas canções ele faz músicas que tornam o pessoal “universal”.

Deste novo álbum composto por 12 faixas, foi retirado o single “Open Up” com um vídeo inovador, inspirado no single e no artwork do álbum, realizado por Dano Cerny, e apresenta Matt a cantar para a câmara no meio de uma série de colagens visuais com diferentes indivíduos e com casais lutando consigo mesmos ou dentro de um relacionamento.

Também incluído neste álbum está “Dust” canção que surgiu da sua colaboração com a calorosa Betty Who.

O artwork para “After The Landslide” foi criado pela aclamada ilustradora australiana Karen Lynch.

MATT SIMONS ON “AFTER THE LANDSLIDE”
“I chose After The Landslide as the title track because for me, it encapsulates what the whole album is about more than any other. This record is about a quarter life crisis. It’s about “blowing up your life,” starting over and all the cathartic yet terrifying things that go along with it. I wrote these songs at age 29 (in a much more settled place) but in order to do so, I had to dig deep into what I remember feeling in my early 20s. I didn’t have a lot of direction, I was just starting out in Brooklyn, fresh out of a big breakup and had no idea what I was doing with my life. As scary as that was it also came with a lot of freedom. I tried to capture those feelings and experiences on this album.”