Em Modo Intimista CARMINHO Cantou “Maria”!

O Coliseu dos Recreios em Lisboa ficou às escuras e ouviram-se várias músicas em português em inglês, alguns fados e outras influências, a sala permaneceu em silêncio enquanto se manteve às escuras e eis que o pano subiu e uma lâmpada que pairava em movimentos esquerda/direita em tom vermelho iluminou CARMINHO e foi com aplausos, pouco passavam das 21:30 horas no dia 25 de maio que se inicio o concerto.

Carminho entregou-se com aquela voz, tão dela, tão fadista, tão “Maria” e a plateia recebeu-a de braços abertos numa sala repleta de fãs, admiradores, família e amigos, porque “Maria” é o seu novo álbum e as músicas iniciais que se fizeram ouvir, foram a inspiração para o álbum nascer.

A noite foi intensa, Carminho falou, conversou e apresentou e quando “Bom dia Amor” cantou, desafiou os presentes a dizê-lo para alguém ao lado, à mãe, ao pai, ao irmão, ao companheiro, porque o amor é a maior expressão e foi com a plateia em coro que se ouviu “Bom dia Amor”, um momento bom que se leva na lembrança.

Outro momento, este mais visual foi quando uma bola de espelhos foi iluminada por um foco branco que invadiu o Coliseu num cenário estrelar e que Carminho com uma guitarra eléctrica tocou e cantou “Estrela”, sem dúvida foi registado visualmente mas também em formato fotografia e vídeo.

A noite terminada num encore em que a Fadista baixa o microfone e cantou sem suporte acústico, a sala manteve-se como começou, em puro silêncio, para depois disparar num aplauso conjunto e em pé! São noites assim, que valem ser ouvidas!

Texto: Raquel Ataíde