Sérgio Godinho Com “Nação Valente” Nos Coliseus de Lisboa e Porto

“NAÇÃO VALENTE” NOS COLISEUS
COM CAMANÉ, MANUELA AZEVEDO E FILIPE RAPOSO

Os concertos de “Nação Valente” que Sérgio Godinho realizará nos próximos dias 22 e 28 de Fevereiro nos Coliseus de Lisboa e Porto, respectivamente, vão contar com três convidados de eleição – Camané, Manuela Azevedo e o compositor e pianista Filipe Raposo juntar-se-ão ao Assessores nestes espectáculos especiais.

Nos Coliseus, a celebração de “Nação Valente”, o aclamado 18.º álbum da carreira do “escritor de canções” que, prestes a comemorar 50 anos de actividade musical, mantém ainda a frescura artística que lhe permite figurar em lugares de topo nas listas dos discos publicados em 2018 – Expresso, Blitz ou Time Out, entre outros – ou figurar com a canção “Grão da mesma mó” nas escolhas da Vice.

Neste regresso aos Coliseus, para além de um repertório ímpar e do qual fazem parte os temas que fazem a história do seu ultimo disco, a consciência de que talvez estas apresentações pudessem assumir o título alternativo de “Nação Valente & Outras Histórias”, afinal estamos perante uma voz que nos conforta e inquieta desde a década de 70 do século passado e em que olhar a sua obra é também descobrir uma parte significativa da nossa vivência, do nosso quotidiano, do amor, das lutas, das perdas e das alegrias. Uma nação, necessariamente valente, feita de vida.

Os “Coliseus” serão (sempre) especiais. Sempre foram. E se o momento é “de gala e de festa”, então os amigos devem marcar presença:

Camané,
Voz inconfundível da música nacional, cumpriu em 2005 um dos seus sonhos, interpretando, a par com Carlos do Carmo e com o próprio Sérgio, o tema “Fotos do Fogo” para o álbum “Irmão do Meio”; já em 2010, incluiu no seu álbum “Do Amor E Dos Dias”, uma versão de “Emboscadas”, canção originalmente composta para o disco “Na Vida Real”, publicado por Sérgio Godinho em 1986;

Manuela Azevedo,
Outra intérprete por quem Sérgio Godinho nutre enorme admiração, companheira enquanto membro dos Clã no projecto de 2016 “Afinidades”; instrumentista no espectáculo e disco “Caríssimas Canções”; ou voz de canções compostas em parceria das quais se destaca “O Sopro do Coração”, por exemplo;

Filipe Raposo,
Pianista, compositor e arranjador com quem Sérgio Godinho tem mantido nos últimos três anos uma estreita colaboração, traduzida em concertos de voz e piano e em parcerias enquanto autores, como com “Sobre o Calor” para a banda sonora do filme “Refrigerantes e Canções de Amor” ou, num dos momentos altos de “Nação Valente”, em “Noite e Dia”.

De regresso aos Coliseus no auge da sua criatividade e em grande companhia, diríamos. Poucas ou mesmo nenhumas justificações para se perder a oportunidade estar nos Coliseus.
 
Sérgio Godinho: voz
Nuno Rafael: guitarras eléctricas e acústicas, cavaquinho, lap steel guitar, percussão, coros
Miguel Fevereiro: guitarras eléctricas e acústicas, percussão, coros
Nuno Espírito Santo: baixo, percussão
João Cardoso: teclados, samplers, coros
Sérgio Nascimento: bateria, percussão
 
CONVIDADOS:
Camané: voz
Manuela Azevedo: voz
Filipe Raposo: piano

 
SÉRGIO GODINHO
COLISEU LISBOA – 22 FEVEREIRO – 21H30
COLISEU PORTO – 28 FEVEREIRO – 21H30