Russ, Timmy Trumpet e 6lack no 23º MEO SUDOESTE

Neste novo ano nada melhor do que planear desde já mais uma edição do maior Festival do verão português. Já estão marcadas as datas de mais um MEO Sudoeste e a receita não muda: amigos, praia, campismo, um ambiente que não se esquece e a melhor música do momento, a combinar com a magia que se vive na Zambujeira do Mar ao longo de 9 dias, entre 3 a 10 de agosto. O espírito da Tribo é um só, mas isso não quer dizer uniformidade – pelo contrário! Há propostas diferentes e para vários gostos musicais, como provam as confirmações de Timmy Trumpet, o nome mais pedido nas redes sociais do Festival, Russ e 6lack

Russ
Com apenas sete anos de idade, já o pequeno Russell Vitale escrevia rimas num bloco de notas. Aos 14 anos, começou a fazer os primeiros beats. Aos 18, gravou o seu primeiro tema. Com uma ética de trabalho fora do normal, Russ editou 11 álbuns e 87 singles através da plataforma Soundcloud – isto tudo apenas entre 2011 e 2014. Em 2016 assinou pela Columbia Records e as coisas começaram a ficar cada vez mais sérias. Os singles “What They Want” e “Losin Control” chegaram a um público maior, entrando mesmo para o Billboard Hot 100. Influenciado por nomes como G-Unit, 50 Cent e Eminem, Russ foi desenvolvendo a sua própria linguagem até ao momento de editar o seu álbum de estreia. Esse momento chegou em 2017 com a edição de “There’s Really A Wolf”. Quase sempre apoiado em samples, com um pé no hip hop e outro no r&b, percebe-se que Russ pensa em todas as palavras que escreve e valoriza a cadência com que diz cada uma delas. É um rapper a sério, identificado com este nosso tempo, com toda a certeza, mas sem demonstrar necessidade de seguir a última moda. Russ prefere fazer as coisas à sua maneira, sem ligar ao politicamente correto. O ano de 2018 ficou marcado pela edição de mais um disco: “Zoo”. E em 2019 o público português vai poder ouvir algumas dessas novidades no dia 9 de agosto, no Palco MEO do MEO Sudoeste.

Timmy Trumpet
O Timmy Trumpet foi o nome mais solicitado pelos fãs do MEO Sudoeste nas redes sociais. É também um dos mais singulares nomes que podemos encontrar no DJ Mag Top 100. Com vários prémios ganhos e muitos discos vendidos, Timmy é um dos principais produtores e DJs australianos. Com apenas 13 anos, já era considerado como o melhor músico jovem do ano para o Conservatório de Sidney, que lhe valeu uma bolsa de estudo. Pouco depois já pertencia à All-Star Stage Band, enquanto trompetista, correndo os melhores festivais de jazz de toda a Europa. Essa formação no jazz faz com que as suas produções fujam dos principais clichés da música de dança, conseguindo acrescentar sempre qualquer coisa a quem o ouve. Faz com que a música house case na perfeição com o trompete, e o som que daí resulta é um tesouro que vale a pena descobrir. Essa singularidade garante-lhe mais de 200 concertos por ano, com passagens por eventos tão míticos como Tomorrowland, Creamfields, Parookaville, Airbeat-One, Balaton Sound, Dance Valley, entre outros. Entre os principais sucessos de Timmy Trumpet estão “Horny”, em colaboração com DJ Tenzin, ou “Freaks”, com o rapper Savage – este foi um autêntico hit na Austrália (e não só), com milhões de audições no Spotify. O ano de 2018 voltou a ser um ano em grande para o produtor australiano, com atuações um pouco por toda a parte e colaborações com nomes como Hardwell, em “The Underground”, ou Vini Vici. Entretanto, 2019 está mesmo aí e, para já, mais uma boa notícia: Timmy vai trazer o seu trompete e as suas batidas a Portugal, dia 10 de Agosto, no Palco MEO da próxima edição do MEO Sudoeste.

6lack
Pronuncia-se “black”. O músico cresceu na Zone 6 da cidade Atlanta e considera que essa pertença é a principal influência para a sua arte, daí a importância quase espiritual que o número 6 tem para si. Com apenas 4 anos já gravava no estúdio do pai. As batalhas de rap vieram depois, uma escola importante para 6lack, assim como as influências r&b de nomes como Sade, Usher ou T-Pain. A música de 6lack é muitas vezes chamada de “moody hip hop”, por causa das suas baladas carregadas de emoção sobre desgostos de amor e outras aventuras amorosas – o single “Prblms” é um belo exemplo dessa atmosfera que 6lack explora como poucos. Sem nunca comprometer a sua criatividade diante das exigências comerciais, a experiência ensinou-lhe que o mais importante era passar uma mensagem e despertar emoções verdadeiras. “Free 6lack”, o álbum de estreia, editado em 2016, está dentro desse espírito e fez 6lack chegar à sua primeira platina. Nesse mesmo ano, a Rolling Stone colocava-o na lista de artistas que temos mesmo de conhecer. E o público seguiu esse conselho, ouvindo cada vez mais o músico de Atlanta. O ano de 2018 continuou a confirmar as melhores expectativas em torno de 6lack, com a nomeação para dois Grammy e o lançamento do single “Cutting Ties”, mais uma balada atmosférica para conquistar milhares de jovens em todo o mundo. Na edição de 2019 do MEO Sudoeste, os corações vão estar à prova com a música deste norte-americano. O dia será o 7 de agosto, no Palco MEO.

Já confirmados:

07 de Agosto
Palco MEO – 6lack
 
09 de Agosto
Palco MEO – Russ
 
10 de Agosto
Palco MEO – Timmy Trumpet